Como buscar a sustentabilidade na empresa?

sustentabilidade na empresa

Sustentabilidade está em pauta e não é à toa. Já passou da hora de encarar que precisamos cuidar melhor do mundo que nos rodeia para que ele possa continuar cuidando de nós. Cada vez mais pessoas se atentam às pequenas e grandes ações que podem fazer a diferença – e buscam pela mesma consciência nas empresas das quais consomem.

Lendo este texto você vai descobrir o que exatamente significa buscar sustentabilidade na empresa, por que isso é vantajoso e algumas dicas de como fazer na prática. Vamos lá?

Sustentabilidade empresarial: conceito

O termo sustentabilidade se refere a fazer funcionar um sistema que envolva pessoas, o planeta e o lucro da forma mais equilibrada possível. A sustentabilidade empresarial, portanto, passa pelos mesmos pilares e busca uma gestão que alie a rentabilidade, a consciência sobre o impacto do negócio na natureza e a saúde e o bem-estar dos colaboradores.

sustentabilidade na empresa

As práticas sustentáveis na empresa visam o equilíbrio entre a lucratividade, o bem-estar dos colaboradores e o menor impacto possível ao meio ambiente.

Por que a sustentabilidade é vantajosa para as empresas?

Ao longo dos últimos anos, os consumidores vêm ficando cada vez mais atentos a questões relacionadas à sustentabilidade e à ética nos meios industriais e empresariais. Sendo assim, se destacam positivamente organizações que estejam mais alinhadas a essa nova demanda.

Na era da informação, onde tudo é facilmente divulgado e comentado, a publicidade faz toda a diferença na trajetória de seu negócio. Empresas sustentáveis ganham vantagem competitiva porque os consumidores estão ativos, atuando como disseminadores de marcas conscientes e ajudando a boicotar as que adotam práticas controversas.

A publicidade, seja ela positiva ou negativa, faz diferença não apenas entre os possíveis clientes, mas também para o mercado. Uma empresa que está recebendo atenção por suas boas práticas ganha, também, um olhar mais interessado por parte de possíveis investidores e grandes marcas, que querem se aliar a essa boa imagem. 

Uma organização que busca a sustentabilidade ganha também internamente: vivemos uma era em que as pessoas buscam cada vez mais por propósito em seus trabalhos e, portanto, colaboradores que se orgulham dos posicionamentos e das atitudes de suas empresas tendem a se engajar e se motivar muito mais no dia a dia. 

Além disso, ao contrário do que muitos gestores pensam, a sustentabilidade pode fazer muito sentido econômico para um negócio. Muitas das práticas que vamos recomendar abaixo impactam na redução de custos por parte da empresa, a curto, médio ou longo prazo. 

Dicas de sustentabilidade nas empresas

A adoção de práticas sustentáveis nas empresas pode parecer uma quebra de paradigma muito ampla e trabalhosa, mas não é tão difícil quanto você imagina, e ações relativamente simples podem fazer toda a diferença. 

Não use descartáveis

Já faz algum tempo que entendemos que os copos de plástico não são inofensivos como pareciam, não é mesmo? Estima-se que, no Brasil, o uso de copos plásticos descartáveis gera, diariamente, 1.500 toneladas de resíduos. 

A alta geração de lixo é um dos grandes problemas que enfrentamos enquanto sociedade, e a substituição dos descartáveis é uma estratégia totalmente alinhada ao consumo consciente, além de ser uma opção mais econômica a médio prazo – tanto para a empresa quanto para o planeta.

sustentabilidade na empresa: reduza descartáveis

A substituição dos copos plásticos já reduz consideravelmente a quantidade de lixo gerado.

Utilize iluminação de LED

Além de ser a opção mais sustentável por ser reciclável e, ao contrário das lâmpadas fluorescentes, não conter mercúrio na sua composição (substância tóxica tanto para nós quanto para o planeta), a lâmpada de LED ainda tem uma vida útil maior, o que gera consideravelmente menos lixo na mesma quantidade de tempo. 

As lâmpadas de LED também demandam menos energia para produzir a iluminação, fornecendo até 80% de economia em relação às lâmpadas incandescentes e 50% em relação às fluorescentes. 

Diminua a quantidade de impressões

A produção de papel emite gases poluentes na atmosfera e contribui diretamente com o desmatamento. Além disso, para produzir uma tonelada de papel são necessários mais 100 mil litros de água. Pesquisas apontam que 45% das impressões de uma empresa acabam no lixo diariamente – será que elas eram realmente necessárias?

O mundo digital faz com que precisemos cada vez menos desse recurso, e é possível se adaptar a essa praticidade sem grandes dificuldades ou gastos financeiros, muito pelo contrário. A diminuição do papel reduz gastos e ainda facilita a organização dentro da empresa, já que arquivos digitais não ocupam espaço físico e tampouco se deterioram.

Separe o lixo

A reciclagem reduz consideravelmente o impacto da sociedade sobre o meio ambiente, tanto no que tange à geração de lixo quanto na exploração de recursos. Estima-se que, de todo o lixo produzido no Brasil, 30% tenha potencial para ser reciclado enquanto apenas 3% estejam, de fato, sendo. 

Para facilitar esse processo, separe na empresa o lixo orgânico do reciclável e incentive os colaboradores a se adequarem a esse processo. Com o tempo, ele se torna automático, e os ganhos para o planeta são consideráveis!

sustentabilidade na empresa: reciclagem

A separação do lixo é uma das ações sustentáveis no dia a dia que não é complicada de fazer e gera impactos positivos para o meio ambiente.

Avalie seus fornecedores

Da mesma forma que os consumidores cobram consciência ambiental das empresas, uma organização pode e deve estar atenta às práticas adotadas por seus fornecedores. Se você busca construir para a sua corporação uma imagem positiva, não faz sentido comprar de empresas que não tenham os mesmos valores e as mesmas preocupações. 

Se cada consumidor cobrar consciência das marcas que consome, e essas marcas, por sua vez, cobrarem as mesmas atitudes de seus parceiros e fornecedores, pode-se gerar um efeito dominó de sustentabilidade.

Adote tendências as a Service

A tendência de Everything as a Service, que em tradução literal quer dizer “Tudo como serviço”, teve um grande salto nos últimos anos. Ela reflete um comportamento de consumo diferente do que era visto até então: nele, sente-se menos a necessidade de adquirir coisas, e sim alugá-las pelo período necessário.

Além de sustentável, essa tendência pode ser bastante econômica para as empresas, que, comprando em menor quantidade, pagam menos encargos e não precisam se preocupar com o descarte de materiais que perdem sua utilidade.

Em um cenário tão incerto quanto o que o mundo vive agora por conta da pandemia, as relações de trabalho estão se alterando drasticamente para modelos cada vez mais flexíveis. O Remote First já é uma realidade para muitas empresas, e, nesses moldes, a concepção do ambiente físico do escritório também sofre alterações constantes. 

O “furniture as a service” (ou mobiliário como serviço) surgiu como uma solução para acompanhar tanto a demanda mundial por mais sustentabilidade quanto a versatilidade das empresas atuais. 

Pioneira brasileira no setor, a Hub Móveis lançou um sistema de móveis por assinatura para empresas. Com ele você escolhe não somente um mobiliário personalizado, mas o plano que mais se adequa às necessidades da sua empresa em cada momento. Além disso, todos os móveis são produzidos apenas com madeiras certificadas pelo Forest Stewardship Council (FSC).

O transporte, a montagem e a eventual desmontagem do móvel também ficam a cargo da Hub, de maneira que você não tenha que se preocupar com nada. Para mais informações, é só clicar no banner abaixo! 

SCROLL UP