Higiene e segurança no trabalho: como orientar colaboradores

higiene e segurança no trabalho pós pandemia

A pandemia de COVID-19 trouxe a necessidade de uma adaptação rápida das empresas, que tiveram que funcionar em regime de home office primeiramente e, em alguns estados, agora voltam à atividade presencial. Em um momento delicado como esse, a higiene e segurança no trabalho tornam-se ainda mais importantes, tomando o foco da conversa.

Para garantir a segurança dos funcionários, é necessário que a empresa se prepare para a volta ao trabalho e os oriente corretamente. Confira nossas recomendações de informações essenciais que todos os colaboradores devem saber e se atentar!

Regras de distanciamento social

O distanciamento social é essencial para a proteção dos colaboradores, diminuindo as chances de contágio. Por conta disso, mesas com diversas pessoas trabalhando lado a lado não fazem mais parte da realidade.

É preciso dispor estações de trabalho de forma que elas estejam com distância entre 2 e 4 metros. Dessa forma, pessoas assintomáticas correm menos risco de infectar os colegas.

layout de escritorio com higiene e seguranca no trabalho

Sugestão de layout de escritório com distanciamento social.

Vale a pena reforçar para os funcionários: quem tiver qualquer sintoma de COVID-19 deve ficar em casa e não sair em nenhuma hipótese.

Medição de temperatura

Muitos escritórios e indústrias estão medindo a temperatura de todos os funcionários antes de entrar na empresa. Para uma solução mais higiênica, vale a pena investir em um termômetro infravermelho, que permite fazer a medição sem toques.

Qualquer pessoa com temperatura acima de 37ºC não deve entrar no espaço. Caso você receba clientes, explique o procedimento e também aplique a regra para eles. Sempre que possível, opte por reuniões por videoconferência.

Uso de máscaras

O uso de máscara no caminho até o escritório e durante o expediente é muito importante, ainda mais se a empresa lida com atendimento ao público. Sua utilização não apenas protege o usuário, mas também aqueles em sua volta, por servir como barreira física contra gotículas.

É de bom grado oferecer as máscaras para uso durante o expediente para os colaboradores. Alguns negócios estão encomendando de fabricantes locais máscaras de pano com a logo da empresa, o que é uma boa solução quando o uniforme é obrigatório.

higiene e segurança no trabalho uso de mascaras

O uso de máscaras durante o expediente é recomendado.

As máscaras devem ser trocadas a cada 2 horas ou sempre que estiverem úmidas, por isso cada funcionário deve ter a quantidade necessária para as trocas durante o expediente. Oriente para que os colaboradores evitem tocar nas máscaras enquanto estiverem no rosto, e separe um espaço constantemente desinfetado para a realização da troca.

Refeições

Nos refeitórios, servir refeições em buffets não é uma prática recomendada no momento, visto que muitas pessoas entrarão em contato com os mesmo recipientes e talheres. Ao invés disso, opte por encomendar marmitas individuais.

Na hora das refeições, crie turnos para que o refeitório ou a cozinha não tenha aglomerações. É importante que o espaço seja desinfetado antes do primeiro grupo, entre turnos e após o almoço.

Além disso, recomende que os funcionários levem seus próprios pratos e talheres, sendo cada um responsável por lavá-los imediatamente após a refeição.

Rodízio de home office

A maioria das empresas não consegue alocar 100% do time presencialmente com as novas necessidades, e ainda existem colaboradores de grupo de risco ou que ainda não se sentem seguros para voltar ao escritório, e a solução mais comum é criar um rodízio de home office.

Essa ideia para manter a higiene e segurança no trabalho é simples: a equipe deve rotacionar quem trabalha presencialmente e quem fica em home office. O time deve ser dividido estrategicamente: é interessante possuir representantes dos departamentos in loco para casos de emergência, e quem trabalha em projetos conjuntos pode ser colocado na mesma escala.

higiene e segurança no trabalho com rodizio de funcionários

O rodízio deve ser montado com bastante atenção.

Deixe as escalas bem estruturadas, colocando regras e limitando a troca de dias, para evitar confusões e aglomerações.

Espaços compartilhados

Os espaços compartilhados continuarão sendo locais de interação, e a pandemia não significa o fim das salas de descompressão. Esses lugares devem ser adaptados de acordo com a nova necessidade, limitando a quantidade de pessoas presentes e substituindo alguns móveis.

Por exemplo, é recomendado preferir por poltronas individuais ao invés de sofás. Procure também levar esses espaços para a área externa.

As noções de higiene e segurança no trabalho em um contexto de pandemia e após ainda estão em desenvolvimento, com milhares de profissionais e especialistas em busca das melhores soluções.

A Riccó aplica o expertise de mais de 140 anos de mercado para achar as melhores soluções para uma volta gradual ao escritório, home office e para pensar no futuro, com novos conceitos para o escritório.

Tratando os móveis como serviço, com sale & leaseback do mobiliário e soluções para o armazenamento, a Riccó Hub está pronta para trabalhar junto com a sua empresa. Se interessou? Clique no banner para saber mais!

ricco-volta-ao-escritorio-safe-design

SCROLL UP