Ambiente de trabalho e o avanço da tecnologia

Ambiente de trabalho está mudando conforme a tecnologia avança, os padrões de relacionamento entre pessoas, layout do escritório e ferramentas tecnológicas moldam este cenário.

Entretanto já é possível ter algumas noções de como serão os anos seguintes a partir de tecnologias contemporâneas que as marcas já têm utilizado.

Embora as maiores empresas do mundo modernizam seus processos para evitar burocracias e ampliar ganhos.

Contudo algumas delas promovem uma verdadeira revolução em sua operação e em toda a sua identidade organizacional. Hoje o ambiente de trabalho também fala muito sobre como será este futuro.

Alguns padrões para o futuro podem ser vistos em tendências como as ferramentas de colaboração digital e inteligência artificiais, cada vez mais populares em nossos ambientes de trabalho.

Escritório moderno, empresa dinâmica

Em resumo o ambiente corporativo precisa ser pensado especialmente para atender às demandas do futuro.

Isso inclui a preparação para receber os modernos equipamentos introduzidos cada vez mais rapidamente no dia a dia da empresa e costumes dos novos talentos das empresas.

Ainda mais a decoração e layout do escritório devem inspirar espaços colaborativos e criativos, sala descompressão e ambientes humanizados.

Assim ajudam a situar os funcionários neste cenário de inovação, interação com robôs e digitalização. Um escritório que acompanha as tendências do futuro traz mais produtividade para funcionários e satisfação para clientes.

Ao passo que a revolução digital ganha momento e força, é importante refletir e se preparar para os possíveis impactos destas mudanças.

Afinal, não se trata apenas de tecnologias, mas de experiências humanas – incluindo o ambiente profissional onde a maioria de nós passa várias horas por dia. Quanto maior o conforto maior a produtividade.

Quanto mais produtivas forem as máquinas e nossa interação com elas, mais os valores, a criatividade e as paixões do profissional serão importantes, criando assim um ambiente de trabalho inovador.

A cognição ganha força no ambiente corporativo

Nem toda mão de obra humana pode ser assumida por uma máquina. Funções como gestão de pessoal, gestão de ativos, lideranças estratégicas, enfim, tudo o que exige cognição humana, senso moral e decisão subjetiva dificilmente será realizado por uma máquina – não em um futuro próximo, pelo menos.

As empresas de agora estão percebendo que o futuro não será feito apenas de máquinas, mas sim, de uma junção estratégica entre a inteligência artificial e o saber humano.

Até mesmo instituições financeiras, baseadas majoritariamente em cálculos, apresentam melhor desempenho quando investem mais em pessoal do que em trabalho computadorizado.

Além disso, o relatório da McKinsey Global Institute explica que a tecnologia e as interrupções do mercado estão redefinindo “força de trabalho” e “empregador”. “Até 2055, metade das tarefas atuais serão automatizadas com tecnologia que existe hoje.

RH com agente de mudança no ambiente de trabalho do futuro

Companhias que investem em um ambiente profissional que estimula o desempenho físico, psicológico e cultural de seus funcionários têm, em média, quatro vezes o lucro das empresas que não o fazem.

A tecnologia altera rapidamente a forma como vivemos e trabalhamos e o escritório precisa acompanhar este cenário.

Embora amamos as novas conveniências e facilidades que os dispositivos nos entregam, mas tecnologias para o ambiente de trabalho passam a se tornar nossas “colegas” e não apenas ferramentas de serviço. Talvez não saibamos exatamente como reagir a esses novos “trends”.

De acordo com a 21ª Pesquisa com CEOs da PwC, entre 38% e 40% estão preocupados com os desenvolvimentos relacionados à tecnologia (por exemplo, ameaças cibernéticas, velocidade de mudança tecnológica e disponibilidade de habilidades-chave).

Portanto, a IA não faz mais parte da ficção científica; segundo a PwC projeta que a IA contribuirá com um adicional de US $ 15,7 trilhões para o PIB global até 2030. Tornando-se a maior oportunidade da economia e em rápida mudança.

Embora seja um benefício para a economia em geral, porém irá moldar o futuro do trabalho. Funcionários deverão repensar e reformular suas habilidades para serem competitivos nesse novo ambiente da economia digital.

Concluímos que o departamento de recursos humanos da empresa será peça fundamental para mudar, ou melhor, adaptar a cultura da empresa para aceitar o futuro. Com a chegada de novas tecnologias a forma de interagir com as pessoas e no trabalho, assim como os espaços internos como móveis e sala de reuniões.

 

SCROLL UP