9 dicas de gestão para pequenas e médias empresas

gestão de pequenas e médias empresas

Um dos pontos mais importantes para a sobrevivência e sucesso de pequenos negócios é o domínio sobre as boas práticas de gestão de equipes. Ao entender e aplicar as melhores formas de gerir o seu time, os colaboradores serão mais produtivos e criativos e possíveis conflitos serão mais fáceis de resolver.

Separamos nove dicas de gestão de pequenas e médias empresas para te ajudar. Continue a leitura!

1. Crie um bom processo seletivo

Um processo seletivo de qualidade é essencial para que a gestão de equipes seja bem feita. Afinal, é partir dele que será montada uma equipe especialista e que corresponda com as necessidades da empresa.

Para ser o melhor possível, é necessário procurar por profissionais que tenham a qualificação certa, experiência desejada e compatibilidade com os valores da empresa.

Ao anunciar uma vaga, deixe todos esses pontos explícitos. Coloque as responsabilidades do cargo na divulgação da vaga, assim como quanto tempo e qual experiência é necessário já ter. Além de dados sobre a oportunidade, não deixe de incluir um pequeno histórico da empresa e seus principais valores, a fim de atrair aquelas pessoas que mais se identificam com o negócio.

Bons profissionais estão em busca de vagas transparentes. Não esqueça de incluir faixa salarial e os benefícios inclusos.

As entrevistas também devem ser feitas pensando nesses três pilares. Muito mais que analisar um currículo, essa etapa ajudará a conhecer melhor os candidatos e verificar suas qualificações além de títulos.

2. Elabore um planejamento estratégico

Planejamento é a palavra-chave para quem deseja ter um negócio de sucesso. Do controle financeiro ao mapeamento dos processos, o planejamento te ajudará a criar os caminhos necessários para atingir seus objetivos.

gestão de pequenas e médias empresas - planejamento estrategico

O planejamento estratégico irá te ajudar a definir como e onde você quer chegar.

Coloque metas tangíveis de curto, médio e longo prazo de acordo com seu objetivo geral. Adicione o que é necessário para sair do ponto atual e chegar no objetivo, incluindo investimentos e contratações.

3. Proponha igualdade

Nunca se falou tanto de igualdade nas empresas, mas ainda há muito o que ser praticado. É muito importante que um gestor ouça todas as vozes envolvidas, desde o funcionário de base até os gerentes, independentemente de gênero, raça, classe social ou orientação sexual. Além de melhorar a qualidade do ambiente, esse esforço reflete em bons resultados.

Existem números que comprovam que a igualdade e diversidade são muito benéficas para empresas. Segundo pesquisa da DDI e Ernst & Young, corporações que contam com pelo menos 30% de diversidade de gênero, e 20% em cargos sênior, apresentam melhores resultados financeiros.

4. Seja claro na comunicação

Uma regra de ouro na gestão de pessoas é fazer-se o mais claro possível. Muitas vezes, o que é óbvio para você não será para os colaboradores, e nesse caso é mais simples comunicar-se claramente do que esperar que todos saibam o que quis dizer ou deseja.

gestão de pequenas e médias empresas - boa comunicacao

Uma comunicação clara e objetiva evita ruídos.

Mantenha uma cultura de comunicados escritos de forma oficial, como por e-mail, para que todos possam conferir o que foi combinado e as pendências existentes.

5. Motive a equipe

É importante aprender sobre motivação e gestão de equipes de trabalho. Quando motivadas, não apenas produzem mais, como também se sentem mais abertos para dar sugestões e caminhar junto pelo crescimento da empresa.

Motivar é muito mais do que elogiar e incentivar verbalmente; é criar um ambiente frutífero e colaborativo, onde todas as vozes são ouvidas e todas as opiniões consideradas.

6. Corte conflitos pela raiz

Mesmo equipes altamente alinhadas estão sujeitas a conflitos. Seja uma divergência interna, entre departamentos, ou entre colaboradores e clientes, é responsabilidade do gestor assumir o posto de resolução.

Procure entender os diferentes lados do problema e busque soluções. Nesse momento, a parte mais importante é estar completamente disposto a ouvir!

gestão de pequenas e médias empresas - conflitos

É papel do gestor lidar com os conflitos e resolvê-los da melhor maneira possível.

Em alguns casos, pode ser que gestores estejam envolvidos em conflitos. Mesmo sendo uma situação desagradável, é necessário analisá-la friamente e com empatia, assim encontrando soluções viáveis.

7. Aprenda a delegar

Um problema comum em equipes pequenas e médias é o gestor que concentra grande parte da atuação em si mesmo, ficando sobrecarregado e sem o tempo necessário para suas responsabilidades de gestão empresarial. Saber como delegar tarefas é essencial para não cair nessa armadilha, que pode tanto sobrecarregar o líder quanto desmotivar os colaboradores.

Aqui, é importante conhecer bem a sua equipe e encontrar os pontos fortes, dificuldades, afinidades e gostos de cada um. Dessa forma, as responsabilidades podem ser distribuídas não apenas para aliviar a carga do gestor, mas para deixá-las em mãos confiáveis e competentes, criando uma gestão eficiente.

8. Forneça feedbacks constantes

Uma cultura de feedback faz toda a diferença em uma equipe e é um sinal de boa gestão de pequenas e médias empresas. Essa ferramenta não serve apenas para elogiar ou criticar atitudes, mas, sim, mostrar como as ações impactaram a empresa ou equipe – positiva ou negativamente.

Procure passar feedbacks munido de dados, com datas e situações específicas. Além disso, ajude o colaborador a encontrar saídas para corrigir o que é preciso e manter o que está bom.

Feedbacks são o momento certo de passar para os colaboradores os pontos positivos e negativos de seu desempenho.

Não apenas um gestor deve fornecer feedbacks como também estar preparado para recebê-los. Para que os colaboradores sintam-se confortáveis, é possível solicitar as opiniões anonimamente. Lembre-se que esses feedbacks têm como objetivo ajudar a empresa e cada um a ser um profissional melhor, por isso não deixe um comentário negativo de um colaborador te desanimar.

9. Ofereça qualificações

A educação nunca para – não importa quantos títulos tenha, sempre há algo novo para aprender. Seguindo essa lógica, uma boa dica de gestão para pequenas e médias empresas é oferecer qualificações, como cursos e participação em eventos, para seus colaboradores.

Em contrapartida, os funcionários trarão ideias inovadoras e novas formas de olhar os problemas. Além de valorizar o colaborador, essa medida é muito benéfica para as empresas.

A boa gestão de pequenas e médias empresas faz toda a diferença na hora de sobreviver e crescer. Quer mais dicas como essas? Para receber todas as novidades da Hub Móveis, preencha o formulário abaixo!

SCROLL UP